A Corrida de Escorpião - Maggie Stiefvater

Postado por Bia Carvalho

terça-feira, 25 de setembro de 2012

"Há gente demais cavalgando hoje e tentando colocar-se à prova, tentando se preparar, diminuir seu tempo. Eles ainda não descobriram que não é o mais rápido que vence no dia da corrida.
Você tem apenas de ser o mais rápido entre os que restarem."
Pág. 99

Editora: Verus
Páginas: 378
Série: -
Faixa etária: 14+
Onde comprar: Saraiva

A História: Todo ano, no mês de Novembro, cavalos selvagens emergem das águas do oceano. Homens corajosos e cheios de audácia capturam esses cavalos perigosos para participar da Corrida de Escorpião, onde qualquer um pode sair vencedor... ou sem vida.
Neste ano, dois cavaleiros chamam a atenção: Sean Kendrick, de 19 anos, campeão do "esporte" por quatro vezes consecutivas, uma espécie de encantador de cavalos, que lida com essas criaturas míticas com uma incrível habilidade; e Puck, que em sua primeira participação, pretende utilizar uma égua comum, e tem muito mais a perder do que qualquer outro competidor.
Numa corrida de vida ou morte, quem será o vencedor?

Minha Opinião: Já conhecendo o estilo de Maggie Stiefvater, depois de ler a trilogia "Os Lobos de Mercy Falls", não esperava lá muita coisa desse livro. A premissa inovadora me chamou a atenção, e realmente posso jurar que essa falta de expectativa somada à originalidade do enredo, me conquistaram. Não a ponto de torná-lo um livro cinco estrelas, mas o suficiente para me entreter e ganhar minha total atenção.
Para quem já leu alguma obra de Stiefvater não será nenhuma novidade o ritmo muito, muito lento. Para um livro de 378 páginas, a verdadeira ação começa bem no final, quando a corrida realmente inicia. O resto do livro é voltado totalmente para nos apresentar quem são Sean e Puck, além dos personagens coadjuvantes da história. Não posso negar que por muitas vezes eu me senti entediada com tanta explicação, mas as pontuais cenas sangrentas onde os capall uisce, os tais cavalos d´água, mostravam suas garras e criavam uma violência sem tamanho, me colocavam novamente no clima e superavam as cenas de "teoria". Sim, queridos, preparem-se para cavalos carnívoros e muito violentos!
Não consegui me convencer com o amor de Sean e Puck. Achei forçado e sem química, mas, ambos os personagens são fascinantes em sua individualidade. Creio que a autora poderia não ter inserido um romance no livro, pois ele realmente não colou para mim, até porque, o verdadeiro espetáculo do livro são os cavalos - fiquei fascinada por eles, imaginando perfeitamente as cenas daquelas belezas selvagens surgindo das águas, cavalgando pelos penhascos, com sede de sangue. Essa lenda valeu cada página do livro. 
Continuo achando que Maggie Stiefvater nunca se tornará minha escritora favorita, pois os livros dela são muito explicativos para mim, contudo, não há como negar que ela tem um dom especial. Sua escrita é poética, com descrições perfeitas e a originalidade que ela insere em seus textos é, no mínimo, louvável. E eu tenho certeza que você nunca leu e nunca lerá nada como A Corrida de Escorpião.

Quantas estrelas:

Vídeo: Não teve como não pensar em Heroes of Sand do Angra enquanto lia esse livro. A letra é perfeita! 

7 comentários:

Biazinha testemunhou...

As vezes a gente pega uns livros que não são tão bons,mas cumprem seu papel de nos distrair e entreter.

Também não sou muito fã da autora,e acho que não leria esse livro.

bjss

Bianca

www.apaixonadasporlivros.com.br

AGRIDOCE testemunhou...

flor, achei capa lindissima. Não conheço essa autora, mas se fosse comprar as 'escuras' a capa me levaria. gostei da sua resenha e apesar de você dizer que é um livro cansativo é um que entra pra lista. bjoks
Eykler


www.aghridoce.blogspot.com.br

camila testemunhou...

NOSSA BIA FIQUEI ENCANTADA COM A RESENHA, NUNCA LI NADA DA AUTORA, MAIS SOU DOIDA PARA LER OS LOBOS DE MERCY FALL, FIQUEI MEIA COM PÉ A RESENHA, MAIS DEPOIS MUDOU...
A SINOPSE É SUPER ORIGINAL!!
BEIJOSS

http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Elimar Machado testemunhou...

Comecei a leitura hoje e espero gostar do mesmo jeito que você gostou. A capa e a sinopse me conquistaram logo de primeira. Depois volto para te contar o que achei... kkkkkkkkkk

Verônica Sobreira testemunhou...

engraçado eu não lia trilogia dela, só por conta de folhetos na Bienal, desisti de comprar. Pode até ser que leia essa. Boa resenha, Bia

Renata testemunhou...

Oi Bia!! Não conhecia essa história. Adorei a capa e anotei a sua dica.
bjs

DÊ SEU TESTEMUNHO...