Legado Mortal - Lynn Sholes & Joe Moore

Postado por Bia Carvalho

sexta-feira, 13 de maio de 2011

"Você está prestes a abrir as portas do inferno, doutora Chung, e fazer os nossos inimigos sentirem a ira das Agulhas Negras."

A História: A jornalista especial Cotten Stone já viveu emoções suficientes para sua vida inteira, mas eventos surpreendentes cismam em aparecer na sua vida. Dessa vez, ela vai lidar com uma terrível arma biológica.
A médica Norte-Coreana Moon Chung criou um vírus capaz de matar uma pessoa de uma forma rápida e extremamente dolorosa. Ele ataca o organismo fazendo a pessoa sangrar por todas as vias, morrendo pouco tempo depois, sem chance de cura. Todos os cadáveres desapareceram e não há como estudar o que é a doença e como ela age.
Quando Cotten recebe a presença de um homem, infectado com esse vírus na emissora onde trabalha, ele lhe deixa uma estranha mensagem: "Agulhas Negras".
Curiosa, ela começa a pesquisar, mas sua atenção é desviada quando o cardeal John Tyler, seu amor impossível é sequestrado e depois acaba contraindo a estranha doença. Por amor, Cotten é capaz de qualquer coisa, até mesmo fazer valer de sua descendência Nephilim e fazer escolhas definitivas e perigosas.

Minha Opinião: Com gostinho de Código da Vinci, apresento a Robert Langdom de saias e cheia de charme.
Não conhecia essa série que já é composta por quatro livros, todos já lançados pela Ed. Pensamento, com os títulos: A Conspiração do Graal, O Último Segredo e O Projeto Hades, sendo Legado Mortal o último lançado, e pelo que eu vi no site Fantastic Fiction, me parece que ele será o desfecho da série. E realmente faz sentido pelo modo como a história terminou.
Eu sempre fico assustada com livros e filmes que tratam do assunto: Armas Biológicas. A mente humana pode ser tão cruel a ponto de achar que a morte terrível de milhares de pessoas inocentes é um sacrifício louvável para vingar uma nação. Crianças, mulheres, idosos... que mal sabem o que fizeram de errado, expostos a vírus, a doenças articuladas, criadas para servirem como armas de guerra. E o modo como essas doenças "aparecem" é ainda mais horroroso, torturam pessoas, fazem experiências como se humanos fossem ratos de laboratório. Foi o caso desse livro. Me vi de boca aberta, estupefata com a crueldade da doutora Chung, que foi criada com a idéia que tudo valeria a pena. E o pior é saber que o que mais existe são pessoas capazes de algo assim.
Confesso que o único motivo por eu não ter dado 5 estrelas para o livro foi a inclusão de "fantasia" em uma história tão real, tão crível. Nos primeiros livros (que eu não li), Cotten descobriu que era filha de um Nephilim e também possui essa descendência. Vocês sabem que eu adoro toques sobrenaturais em livros, mas nesse caso achei um pouco desnecessário. Mas fiquem tranquilos que 90% do livro não conta com esse "adicional", e mesmo ele não estraga a história.
A descrição da doença, sua relação com profecias bíblicas narradas por John, a participação da KGB na obra foram partes que me deixaram grudada, hipnotizada.
Não posso deixar de mencionar a excelente personagem que é Cotten. Chamei-a de Robert Langdon cheia de charme porque ela está longe da mocinha frágil de livros. Ela é corajosa, salva o amado, quase entrega sua vida por ele e vai ao extremo para descobrir causas para a doença, e faz tudo isso sem as fobias estranhas de Langdon. Nota 10 para ela!
Agora quero ler os outros três!!!! Porém, se você se interessou por essa história, dá para lê-la independente da leitura dos outros!

Quantas estrelas: ****

Tem uma trilha sonora: Foi difícil, mas já que eles vêm no RJ e talvez eu vá no show, segue Used do Pain Of Salvation


4 comentários:

Naniedias testemunhou...

Vou confessar que gosto do estilo de história tal como Dan Brown escreve, mas o acho super repetitivo. Se essa série puder ser comparada apenas pelo estilo e não porque tudo é parecido, pode ser uma boa pedida =)

Monica Brandes testemunhou...

Oi Bia, adorei seu blog. Já estou seguindo e participando das promoções!

Quanto a esse livro, gostei! Não conhecia, mas agora vai para a lista de futuras aquisições.

Beijos =)

Kézia Lôbo testemunhou...

NOssa que legal, adorei a resenha e ficou louca de vontade para ler! XD

DÊ SEU TESTEMUNHO...