Dearly, Departed - Lia Habel

Postado por Bia Carvalho

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

"Não queria ter que pensar nas pessoas que tinham que lutar por suas vidas lá fora, ou quão rápido a doença poderia estar se alastrando.
Sentia terror dos contaminados. Mas não mais do que sentia em relação a mim mesma."
Pág. 256

Editora: ID
Páginas: 480
Série: Dearly, Departed #1
Faixa etária: 14+
Onde comprar: Saraiva

A História: O ano é 2195. A sociedade adotou os costumes antigos, onde as mulheres vestiam vestidos longos, casavam-se a gosto de seus pais e os homens forneciam o sustento da família.E Nora está sozinha.
Depois da morte de seus pais, morando com uma tia que não gosta dela, ela sente que não se encaixa. Especialmente quando a cidade parece estar se virando de cabeça para baixo.
Então, em um dia fatídico, Nora é arrancada do mundo que conhece e levada para uma espécie de forte onde mortos-vivos (diga-se zumbis) convivem como pessoas normais. Bram, um rapaz que conseguiu conservar uma certa beleza torna-se seu amigo e lhe explica que aquilo se trata de uma doença, a qual Nora não apenas é imune, mas pode ser a cura. Uma doença que pode mudar o curso da humanidade e das pessoas que ela sempre amou.

Minha Opinião: Dearly, Departed trata de dois temas que eu não curto: zumbis e steampunk. Porém, tive nas minhas mãos uma leitura deliciosa; um dos livros mais originais do ano. E com uma das capas mais bonitas também.
Lia Habel é uma autora muito jovem, mas a teoria que ela criou para a "doença" Lázarus, que origina a epidemia de zumbis, foi sufocante. O livro começa num clima "gracinha", com muitas teorias, um romancezinho fofo, uma ambientação e muitos diálogos, para se tornar um enredo desesperador, digno de um episódio de The Walking Dead, uma verdadeira luta pela sobrevivência. As cenas do final do livro valeram por todas as quase 500 páginas. Além disso, a descrição da nova sociedade com modos antiquados foi algo muito crível e interessante, que deu à história um toque de classe e elegância.
Tudo bem, é verdade que eu não consigo me convencer quando me deparo com um romance entre uma humana e um zumbi. A cena não se forma na minha cabeça, por mais que insistissem que Bram, o mocinho em questão, não estava em um estado muito diferente de quando era vivo. Por isso, não me perguntem pelo romance, pois minha resposta será sempre tendenciosa nesse quesito, em uma história como essas.
A autora também usa de várias "vozes" para contar a história. Cada capítulo é narrado por um personagem diferente. Mas apesar de isso ser um recurso muito interessante, confesso que achei alguns narradores desnecessários. Meus preferidos eram Nora, Bram e Pamela, a amiga corajosa e leal de Nora. O que veio a mais foi enrolação, pelo menos na minha opinião. Seria até mais interessante se muitas das informações que os outros personagens nos passaram fossem mantidas em segredo até o fim.
Posso afirmar que Dearly, Departed foi a maior surpresa do ano. Acredito que ele irá lhe surpreender também!

Quantas Estrelas:
Vídeo: Por algum motivo, a história de Nora me lembrou um pouquinho Alice no país das maravilhas, portanto, segue Alice (Undersground) da Avril Lavigne.
 

26 comentários:

Dany testemunhou...

Não connhecia o livro mais gostei muito da sua resenha.
Me interessei pelo livro, achei a história muito boa. Tbm estou lendo um de zumbi, só que a história não é bem do jeito que eu queria, mais essa que você reenhou me parece que é muito boa.
Gostei muito.
Bjos....

Débora Lauton testemunhou...

Olha, a capa é linda, sua resenha está ótima... mas romance entre gente e zumbi?? Eca... só de pensar já fico com o estômago revirado...
Só fiquei curiosa por causa das 5 estrelinhas...rss

beijos

Lé pimenta testemunhou...

Não gosto de livro de Zumbi não, mas pelo que você falou o livro é muito bom, mais um para minha pequena grande lista, ai ai.

Obrigada flor!

http://loucaescrivaninha.blogspot.com.br/

camila testemunhou...

Oi Bia,
Já te falei que comprei esse livro este mês né?!
hehehe E tava doida para ler uma resenha dele,
adorei sua resenha.. háa eu acho que vou adorar tb.
Eu achei legal o romance.. hehe
Estou doida para ler e me surpreender tb
bjs
http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

Elimar Machado testemunhou...

Esse livro me conquistou pela capa e pela sinopse, desde o momento em que pus os olhos nele. Vou comprar com certeza. Quer dizer, primeiro vou pedir de amigo oculto porque ninguém é de ferro né? kkkkkkkkk
BJS!

Lia Christo testemunhou...

Eu tbm não curto livros de Zumbi, e mesmo a sua resenha sendo muito boa, e você tendo gostado do livro, eu não me sinto a vontade para ler... Quem sabe um dia???
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Verônica Sobreira testemunhou...

Gostei da sua resenha Bia, mas estas histórias com zunbis não é muito a minha praia. Enfim é u livro e eu leio tanta outras coisas...Valeu

AGRIDOCE testemunhou...

Eu não curto muito liro de zumbi. sua resenha tá ótima, mas a pessoa aqui é medrosa e depois que le esses livros fica vendo coisas onde não tem, igual criança. prefiro não ler, apesar de suas cinco estrelas atiçarem a curiosidade.. bjs
Eykler
www.aghridoce.blogsspot.com.br

Biazinha testemunhou...

Adorei a resenha ela me deixou mais calma,pois comprei o livro pela capa e achei que iria me decepcionar,apesar de não curtir livros de zumbi,acho que esse vou gostar.. tomara que me surpreenda como foi com você.

bjss

Bianca

www.apaixonadasporlivros.com.br

Neny testemunhou...

Adoro a capa do livro, so por ela ja compro o livro rs, é sou dessas loucas.
E cuiosidade demais ja que nunca li steampunk nenhum, então a cuiosidade é muita, também não consigo entender muito bem romance com zumbi...acho nojento rs,
beijos.

Stéph testemunhou...

Ao contrário de você, adoro os temas zumbis e steampunk, e depois da sua resenha, estou mais ansiosa pelo livro.
Tenho certeza que será surpreendente, e a capa é linda mesmo.
Parabéns pela resenha.
Beijos.
vidadaleitora.blogspot.com.br

Renata testemunhou...

Oi Bia!!!
Não conhecia esse livro. A capa é emsmo LINDA!!!
Adorei sua resenha. Pelo que vc descreveu a história é original e muito bem escrita e apesar de vc não conseguir visualizar o romance, pelo pouco que escreveu eu consegui.
Talvez eu seja mesmo uma romântica incorrígivel.
bjs

Luiza Helena Vieira testemunhou...

Nunca li nenhum livro steampunk e não tenho muita vontade de ler. Até ver a capa de Dearly, Departed. Liiiinda demais!!
Na minha cabeça também não forma romances entre humanos e zumbis .
Sua resenha mudou meu ver sobre livros steampunk. Está anotado na minha lista de leitura.

Luiza Helena Vieira
Obsession Valley

cristiane testemunhou...

Amei essa história!!! Super legal, muito curiosa e eu adorei tudo nesse livro. E tem tudo que eu amo *-*

cinthia oshiro testemunhou...

Eu também não curto zumbis, e steampunk (o que seria isso?) A capa do livro é linda, vi muitas resenhas positivos do livro, morro de vontade de comprar o probleminha é o preço. também espero que as 500 páginas valem a pena

VANESSAANGELQ testemunhou...

Capa interessante,a história dá um salto no futuro e retrocede para costumes do passado com na questão do vestuário,quero descobrir o que acontece com Nora nesse cenário.

karen andrade testemunhou...

já estou de olho nesse livro faz tempo,mas pela capa do que pela história,mais agora é realmente pela história rsrs ela realmente se apaixona por um zumbi?quero muito ver isso...

Effy testemunhou...

OI Bia!
Ao contrário de vc eu adoro histórias de zumbis, tudo bem que as vezes é difícil imaginar o romance entre eles rs. Imagino que talvez terá muita disputa para com a Nora, já que ela pode ser a cura. Quase 500 pg ui rs. Sempre tem que ter uma amiga corajosa, isso é bom. Não acho que já li algo no estilo Steampuk, então não sei..E essa capa, linda, como falei no post da promoção, desde que eu vi no goodreads eu a adoro, e quando li a sinopse, logo pensei..tenho que ler. Se vc que não é muito fã de Zumbi se surpreendeu por esse livro e avaliou 5 estrelas, imagina quem já gosta rs.. Adoro essa música da Avril!

Beijos :D

Rodolfo Euflauzino testemunhou...

Querida Bia, ao contrário de você curto zumbis e steampunk, imagine então se não irei ler este livro? Você curtiu, provavelmente darei pulos de alegria. Sua resenha veio bem a calhar, quero este livro já!

Rafaela Regis testemunhou...

Aloha Bianca!!

Adorei a capa desse livro mas confesso que axei ele muito "viajoso" e essa historia de romance com zumbi n desceu tb.

Acho que essa modinha está chegando, mas estou torcendo para que passe logo ^^

Vc viu o filme que vai sair com essa tematica?? Sangue Quente que eu creio ter sido baseado no livro sangue quente?? kkkk

=*

Luís Eduardo Partichelli Potrich testemunhou...

Adorei, não amei a capa - eu julgo muito a capa.

E a história é futurista e tem mortos-vivos (como você não gosta de zumbis?), adoro...

Greiciely testemunhou...

Nunca li nada de zumbis e steampunk... Nem sei o que esperar, mas fiquei curiosa sobre o livro, principalmente pela capa rsrsr
Também não entra na minha cabeça um romance entre uma humana e um zumbi, mesmo que não seja tão diferente, não entra, zumbi só me lembra decomposição... Agora eu gostaria muito ler algo steampunk, todos elogiam e adorei saber disse que tem os vestidos longos e tal, adoro a epoca *-*
Espero ler algum dia.
Bj

Maryhelen Bastos testemunhou...

Concordo com vc sobre a capa, quando ao casal humana e zumbi não posso comentar pois nunca li alguma história parecida, porém lendo seu post fiquei curiosa sobre todo os detalhes do livro, pois como vc diz a autora foi bem original.

lidi testemunhou...

Adoro livros com temas sobrenaturais, esse livro ja esta na minha lista de leituras, gostei muito da resenha, a primeira vez que ouvi falar dele achei que ele seria algum tipo de romance historico/sobrenatural, mas pela resenha ele parece ser uma distopia, depois de ler a resenha estou muito ansiosa para ler o livro...

DÊ SEU TESTEMUNHO...