O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynard

Postado por Bia Carvalho

domingo, 17 de março de 2013


"Sinto muito se a decepcionei. Queria ser um cavaleiro, em vez de um dragão. Mas não sou... Tudo está em suas mãos. Você pode me salvar ou me exilar. Basta uma palavra."

Editora: Arqueiro
Páginas: 511
Série: Gabriel´s Inferno #1
Faixa etária: 18+
Título Original: Gabriel´s Inferno

A História: O anjo e o demônio. Um homem, amargurado e cheio de cicatrizes do passado, se vê diante de uma tentação angelical.
Julia é inteligente, bela, doce e apaixonada por um homem que conheceu anos atrás, e com quem dividiu um momento especial em um pomar. Foi ele também que lhe apresentou a história de Dante e Beatriz, do clássico A divina comédia, que fez com que ela se interessasse e se especializasse na área.
Gabriel a deseja, mas sabe que isso podera arruinar sua carreira. Mais que isso, ele não a merece.
E tudo que resta a ambos é lutar contra o desejo que os consome, mas será que serão capazes de resistir?
 
Minha Opinião: É, pessoal, eu também fui consumida pelo incêndio que é O inferno de Gabriel. Não apenas consumida... eu fui surpreendida por uma trama inteligente, cheia de referências culturais, com personagens bem construídos e com erotismo na medida certa; nada de mais, nada de menos.
É exatamente por isso que eu odeio comparações. Não há nada neste livro que tenha me lembrado 50 tons de cinza, mas o povo insiste em fazer essa associação. Aqui há uma escrita sofisticada e uma história com passado, presente e futuro. Há uma completa diferença entre o amadorismo e a experiência de um autor (ou será uma autora???) que sabe onde quer chegar e para onde quer levar o leitor.
Gabriel é sufocante. Há muito tempo não enxergo tantas camadas em um mesmo personagem, tantas nuances... ele é cheio de traumas, cheio de fantasmas que o perseguem e que o tornam a pessoa que ele é. Ele tenta ser o monstro para não sofrer, mas a verdade é que ele é apaixonante, não apenas por ser um homem sedutor, capaz de fazer tudo pela amada; ele também é fascinante como personagem, e eu, como escritora, me farto ao me deparar com a construção de algo deste nível.
Confesso que o final do livro me deixou um pouco decepcionada. Não houve um clímax, não houve um conflito, como eu esperei que acontecesse. E havia muitos motivos para eles acontecerem. Sei que Reynard guardou muita coisa para um próximo livro, mas isso fez com que eu sentisse falta de um gancho. Bem, eu continuo ansiosa pelo volume dois, esperando que o nível do primeiro se mantenha.
Ainda assim, se tornou um favorito, pela beleza de sua construção e pela intensidade cravada em cada página.
 
Quantas estrelas:

9 comentários:

Carissa Vieira testemunhou...

Todo mundo adorando O inferno de Gabriel. Eu estou louca para ler o livro.

Beijos,

Carissa
www.carissavieira.com

Sweet-Lemmon testemunhou...

Ah, que bom que gostou! Eu simplesmente adorei esse livro mas sei que não é uma leitura que todos iriam gostar. É um pouco lento no início, mas achei a história tão legal!

bjs!
Thaís

Verônica Sobreira testemunhou...

oi, Bia gostei da resenha
Eu fui uma que em minha resenha citei semelhanças com 50 tons , não na escrita, pois este autor se supera milhões de vezes, principalemente nas cenas sensuais. Mas creio que ele tenha feito de propósito quando colocu o nome da mãe a mesma do Sr Grey, alguns tormentos do Gabriel são próximos od Christian, e a personagem Julianne tão chata quanto a Anastasia, enfim minha opinião para ai. Mas em matéria de narrativa Sylvain Reynard é fántastico, enfim minha opinião, só isso rsrsr...

camila testemunhou...

Oi Bia, nossa eu quero muito ler este livro, e agora quero mais ainda mais depois de saber que a trama é inteligente, personagens bem contruidos é tudo né..
Nunca reparei que o povo está comparando este livro a 50, primeiro que 50 tem sua narrativa muito repetitiva, porém temos que ver quem está lendo 50 tons, pode ser pessoas que não estão muito habituadas as leituras que nós estamos né. E isso conta muito..
Adorei sua resenha e espero ler este livro logo..

beijos mila

anolrepe testemunhou...

Li o livro e concordei com tudo da sua resenha,nada ver com 50 tons, mil vezes melhor, eu pessoalmente não gosto muito de trilogia , mas esta estou ansiosa para ler!

Lia Christo testemunhou...

Bia, também li e me rendi a Gabriel. Me senti arrebata por este livro, pela escrita de Sylvain. Realmente nada a ver comparar este livro a 50 Tons. Estou fazendo minha resenha, mas confesso que fico muito insegura quando tenho que falar de um livro que amei, como foi o caso deste. Muito ansiosa pelo próximo. Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

Elimar Machado testemunhou...

Menina, eu senti a mesma coisa. É impossível não amar o Gabriel. As comparações em torno desse livro com outros do gênero são totalmente injustas e infundadas. já que aqui a trama é muito mais rica, tanto em construção quando em pesquisa. Estou louca pela continuação. BJS!

Cristina Oliveira testemunhou...

Oi, Bia. Sou nova por aqui. Mas quero deixar mina opinião: o livro é muiiiito bom! E já li o segundo. Já esperando o terceiro chegar às lojas. O que me atraiu nesse livro foram as informações literárias e culturais. Isso sim e literatura inteligente!
Um abraço,

Cristina

DÊ SEU TESTEMUNHO...