Dizem por aí... - Jill Mansell

Postado por Bia Carvalho

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

"- Mais cedo, você perguntou se eu já havia passado pela situação de não saber como dizer a uma garota que eu gosto dela.
O estômago de Tilly deu um salto triplo e ficou suspenso no ar.
(...) - Bem, também tem você."
Pág. 218

Editora: Novo Conceito
Páginas: 430
Série: -
Faixa etária: 14+
Onde comprar: Saraiva

A História: Tilly levou um fora de um namorado que nem gostava tanto assim. Então, decidida a mudar sua vida radicalmente, ela aceita um emprego na casa de um homem excêntrico, em um pequeno vilarejo em Costwolds.
Como em toda cidade pequena, as fofocas e os boatos correm soltos, e muitos deles se voltam para um homem irresistivelmente atraente: Jack Lucas, um verdadeiro cafageste, que parece estranha e verdadeiramente interessado em Tilly.
Mas até onde Tilly pode acreditar nas histórias que contam?

Minha Opinião: Dizem por aí surgiu na minha vida em um momento muito propício. Ele veio como uma leitura leve e despretenciosa, em um momento onde meu mundinho estava de pernas para o ar (no melhor dos sentidos, não me entendam mal). Confesso que o livro não é nada de mais, mas me entreteu, e é isso que vale.
 O que um boato pode fazer na vida de alguém? Jill Mansell conseguiu reunir um conjunto de pessoas que estavam sofrendo exatamente deste mal: uma má fama. Achei muito interessante a forma como ela consegue demonstrar dois lados de uma mesma história, duas faces da moeda, criando uma atmosfera engraçada e, em certas partes, mais dramática.
A princípio, pensei que se tratasse de um chick-lit, algo mais superficial, hilário, sobre uma mulher abandonada que dá a volta por cima, mas não. Dizem por ai é um livro sobre pessoas, sobre comportamento humano, sobre atitudes e o poder da palavra, especialmente quando dita da forma errada e na hora errada. É sobre o que realmente importa: o que você acha de si mesmo ou o que as pessoas acham. E, no final das contas, mesmo com um livro aparentemente "bobo", ela conseguiu me fazer refletir e indagar a mim mesma: "Afinal, eu prefiro ser a pessoa que eu quero ser ou a pessoa que os outros querem que eu seja?"
Jill conseguiu criar um grupo simpático de personagens, fáceis de gostar (e alguns de odiar), mas como eu disse acima, nada é muito aprofundado. Há toda uma leveza na história, toda uma simplicidade que agrada. O livro é bem longo, mas por se tratar de uma escrita muito corriqueira, acabamos por virar as páginas sem ver a hora passar.
Em suma, Dizem por aí é uma excelente leitura para ser iniciada em uma tarde chuvosa, ou num dia de preguiça extrema. Garanto que lhe proporcionará momentos bastante agradáveis, especialmente de você não esperar muito.

Quantas estrelas:


Vídeo: Achei a letra de Too Good for you, da Sara Bareilles muito condizente com o livro:

10 comentários:

Débora Lauton testemunhou...

Eu também gostei muito livro, é leve e ideal para dar uma relaxada, né??
Fiquei curiosa para ler outros livros da autora...

beijos,

Verônica Sobreira testemunhou...

OI Bia,
dá sua resenha eu gostei,mas este livro simplesmente não me conquistou. Achei os personagens chatos e a história fraca enfim gosto né? Mas tudo bem.

Vanessa Vieira testemunhou...

Parabéns pela resenha Bia! Estou ansiosa para ler Dizem Por Aí! Beijo!

Elimar Machado testemunhou...

AInda não pode ler esse livro. E olha que faz tempo que ele está aqui, olhando para a minha cara... kkkkkkkkkkk
Mas pela sua resenha acho que posso apostar. BJS!

camila testemunhou...

Eu amei ler esse livro, quando li eu estava num momento parecido com o seu, e me fez super bem. ^^
Amei o livro e super recomendo!!
òtima resenha!!
beijos
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Jeferson Cardoso testemunhou...

Livro bom é aquele que você não quer largar mais e sente saudade quando chega ao fim. [sorrio]
Bia, a propósito, por acaso, gosta de literatura amadora? >>> O http://jefhcardoso.blogspot.com anseia por seu comentário. Abraço!

Lia Christo testemunhou...

estou doida pra conferir este livro. Parece ser uma leitura agradável e fácil. Está na lista e espero conseguir ler em breve. Ótima resenha. Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.br

AGRIDOCE testemunhou...

Oi Bia. eu to precisando de uns livrinhos assim. gostei da sua resenha e acho que vou me aventurar nessa leitura. Ando com a cabeça tão cansada, que livros muito complicados eu estou evitando. Valeu a dica. bjoks
Eykler

DÊ SEU TESTEMUNHO...