Amante Eterno - J.R. Ward

Postado por Bia Carvalho

quinta-feira, 22 de março de 2012


Editora: Universo dos Livros
Páginas: 448
Série: Irmandade da Adaga Negra
Faixa etária: 16+
Onde comprar: Saraiva

A História: Eles vivem nas sombras. Eles são vampiros, são guerreiros, lutam juntos por uma guerra contra redentores que querem exterminá-los. Mas o mais importante, eles são irmãos.
Rhage convive há séculos com uma besta dentro de si. Lindo como um astro de Hollywood, ele controla a ânsia de seu monstro com sexo, por isso, ele jamais se envolveu emocionalmente com ninguém e muitas vezes nem sabe o nome das mulheres que leva para cama.
E tudo isso seria seu martírio eterno se não conhecesse Mary.
Mary é uma mulher frágil e ao mesmo tempo de uma personalidade forte e corajosa. Lutando contra uma doença incurável, ela vê em Rhage uma esperança de ser feliz, mesmo que tenha que lidar com todas as peculiaridades de sua maldição e sua raça.
Contudo, a guerra ainda está lá fora, e a partir do momento que Mary começa a ser um alvo, Rhage terá que lutar contra tudo, até contra si mesmo, para mantê-la a salvo

Minha Opinião: Sim, eu sei que estou completamente atrasada com essa série. Sei que muitos livros já foram lançados, mas eu apenas acabei de ler o segundo. Mas a verdade é que por menos que eu tenha lido de IAN, eu adoro esses livros.
A escrita de J.R. Ward é completa. Ela sabe descrever cenas incríveis de ação, sabe construir um romance maravilhoso e deliciosamente erótico, cria personagens complexos sem esquecer de contar suas mágoas passadas, e ainda consegue, no meio disso tudo, "anexar" uma bela moral de amizade e amor incondicional em suas histórias. Tenho a impressão que seus livros, apesar de serem voltados principalmente para o público feminino, conseguem também a façanha de agradar os homens, por toda a carga de violência e por tratar principalmente do universo deles, de um modo fantasioso, é claro, mas ainda sim, muito próximo da realidade, com suas discussões, seu companheirismo e lealdade.
Outra particularidade da escrita de J.R. que me encanta é a forma como ela não deixa ninguém de lado. Temos o casal protagonista, que é Rhage e Mary, mas as histórias paralelas não se tornam nem um pouco coadjuvantes. Ela já abre as portas para o livro de Zsadist e Bella, com um prelúdio de romance totalmente conturbado e esmagador, nos apresenta o mudo John Matthew e mostra um pouco mais da personalidade de outros irmãos. E ela jamais se perde, jamais se confunde, ela simplesmente criou personalidades tão diferentes para tantos homens, que dá até para acreditar que eles realmente existam e não são apenas fruto de uma imaginação muito fértil.
O amor de Rhage e Mary é um dos mais lindos que eu já vi. Claro que há um tom completamente fantástico na forma como tudo é resolvido, mas a quantidade de sacrifícios que um faz pelo outro é uma das coisas mais belas que já tive o prazer de vivenciar ao longo de uma leitura. O modo como Rhage quer controlar o monstro dentro de si, incontrolável, apenas para proteger a mulher que ama é comovente. Eles salvam um ao outro de tantas formas, cuidam, protegem... é o tipo de romance arrebatador, que nos dá uma dorzinha de saudade ao virar a última página. Posso dizer que Amante Eterno superou Amante Sombrio no quesito romance, mas Wrath ainda é o meu preferido, de muitas maneiras.
Em suma, um livro extremamente sensual, mas sem perder a essência do romance, como ele deve ser. Lindo!

Quantas Estrelas:


Vídeo: Escolhi a música The crow and the butterfly do Shinedown por falar sobre uma espécia de amor "Bela e a Fera", uma vez que mesmo tendo uma besta dentro de si, Rhage não deixa de amá-la.



10 comentários:

Romances Deliciosos testemunhou...

Eu posso garantir que vc gostará de todos os outros. São incríveis! Eu já li até o oitavo e sempre fico chateada quando leio a última página. Quando vc ler Amante Meu... Vai pirar!!! Bjs!!!

Maribell testemunhou...

Conheci IAN em 2009, na mesma época em que começava a escrever meu livro e acho esse tipo de amor arrebatador acabou sendo uma inspiração e tanto pra mim. De todos os livros da série, esse é o meu grande favorito! Rhage é o cara! Lindo, carinhoso, sincero e completamente apaixonado pela sua "shellan". E apesar de sua imaturidade emocional, já que nunca teve um relacionamento sério até encontra-lá , ele está disposto a sacrificar tudo por Mary, até mesmo desistir de viver esse amor. Ai, ai... *suspiros*
Com certeza depois de conhece-lo, fica facil entender pq essa saga tem uma legião de fãs!
Parabéns pela resenha!
Bjks,

Mari

Vanilda testemunhou...

Estou mais atrasa ainda do que você! Estou com Amante Sombrio mas nem comecei a ler ainda ... tenho um longo caminho pela frente, mas estou bastante entusiasmada. Depois de ler sua resenha, fiquei ainda com mais vontade de iniciar a série. Tenho certeza, baseada em tudo que você escreveu sobre o livro, que eu vou adorar as histórias de IAN.

Romances Deliciosos testemunhou...

Essa serie é o seguinte, quanto mais se lê mais vontade se tem de continuar lendo... Eu sou fascinada por todos eles, principalmente pelo rei, Wrath. Ai que homem!!! Pena que eles só existam na imaginação... rsrsrs

Débora Lauton testemunhou...

Esse e o Amante Vingado, são meus livros preferidos da série... o Rhage é tudo de bom, né??

beijos,
Dé...

Tonks testemunhou...

Adoro essa série. Você vai amar o próximo, um dos meus preferidos. Estou acompanhando a Irmandade pelos lançamentos nacionais e já li o último Amante Meu. Ansiosa por Amante Libertada e surtando com as novidades do livro do Tohr, Lover Reborn, que foi lançado recentemente lá fora.

bjokas

Vanessa Vieira testemunhou...

Parabéns pela resenha Bia! Já li Irmandade da Adaga Negra e curti bastante. Beijos!

Elis Culceag testemunhou...

Oi Bia!
Eu amo os livros da Irmandade, o meu irmão preferido é o Zsadist, mas também adoro o Rhage e todos os outros, cada um tem um jeito especial de ser. Quando estou lendo me esqueço que são personagens, vibro e choro com cada história, e fico até com ressaca literária quando os livros acabam! Você tem muitas emoções pela frente...
Beijos...Elis Culceag.
www.arquivopassional.com

minhacozinhamagica testemunhou...

São otimos os livros da Irmandade, e esse é um dos meu preferidos, afinal quem não se apaixonaria pelo Rhage? Uma historia forte como todas mas com a sensibilidade do lindo amor que brota entre Rhage e Mary!
Otima resenha ( como sempre) e a musica maravilhosa!!!!
Bjos

Nataly Gonçalves testemunhou...

Comecei a ler o segundo livro hj...não é só vc que está atrasada com a série, rs.
Concordo com tudo que vc disse na resenha. A J.R.Ward sabe criar uma história fantástica.

Beijinhos

DÊ SEU TESTEMUNHO...