Entrevista com o autor Nelson Magrini

Postado por Bia Carvalho

terça-feira, 11 de maio de 2010

Oi pessoal!

O blog Amor, mistério e sangue tem o prazer de trazer para vocês uma entrevista muito legal que eu tive o prazer de fazer com Nelson Magrini, autor dos livros: Os Guardiões do tempo, Relâmpagos de sangue, Anjo a face do mal e também fez participação na coletânea Amor Vampiro.

1- Em primeiro lugar, gostaria de saber de onde surgiu essa vontade de escrever?

Eu sempre fui e ainda sou, um devorador de livros. Virar um escritor foi uma coisa assim, de repente. Em 2000, eu procurava alguma coisa alternativa para fazer, mas que não tivesse nenhuma relação com aquilo que eu fazia, que era consultoria em Gestão Empresarial. Fora isso, teria de ser algo que eu gostasse de fazer e, principalmente, soubesse fazer, ou seja, não queria algo que eu tivesse que aprender primeiro. De súbito, me veio a idéia de escrever e eu sabia que conseguiria. Como eu disse, foi de repente, mesmo. No dia seguinte, rabisquei algumas coisas, sendo a maior delas uma meia página, para ver se as pessoas, lendo aquilo, tivessem a impressão de estar lendo um livro. Em seguida, criei alguns personagens e parti para meu primeiro romance. Nem me passou pela cabeça iniciar com contos. De cara, escrevi um original de umas 150 páginas.

2- Quais são as suas principais inspirações no mundo literário? Ou fora do mundo literário também?

Eu comecei lendo Ficção-Científica e depois, passei para os chamados livros de Terror. Nesse sentido, minhas principais influências vieram de Stephen King e Dean Kootz. Saindo da literatura, creio que os filmes de ação e suspense também me inspiram muito, embora seja difícil destacar algum em particular.

3- Quais foram as maiores dificuldades encontradas para a publicação do seu primeiro livro?

A maior de todas é que nenhuma grande editora investe em autor nacional desconhecido, estreante, ao menos, naqueles que escrevem literatura de entretenimento, que é onde se enquadra a Literatura Fantástica. E isso demanda muita perseverança e não se desanimar com as dezenas de recusas.

4- O que você acha que não pode faltar em um livro para ele merecer um lugar na sua cabeceira?

Dentro daquilo que gosto de ler, tem de ter um bom mistério e um suspense inteligente. E a trama tem de me cativar, aquele tipo de livro que você não consegue parar de ler.

5- O que você tem lido ultimamente?

Apesar de continuar um devorador de livros, ultimamente tenho lido pouco, por falta de tempo, mesmo. Recentemente, comecei a ler O Retorno do Capitão Kirk, escrito por Willian Shatner e se passa, obviamente, dentro do universo de Jornada nas Estrelas, mas estou indo bem devagar.

6- Já tem algum mais trabalho seu saindo do forno? Fale um pouquinho sobre ele...

Saindo do forno, não, pois comecei a escrever um novo livro no final do mês passado. É um livro solo de Isabella, a vampira de meu conto na coletânea Amor Vampiro, e que muitos leitores viam pedindo. A história se passará algum tempo depois dos acontecimentos descritos no conto, e contará com a participação de outro personagem de grande sucesso, Lúcifer, de ANJO A Face do Mal. Obviamente, será um livro com vampiros, algo que eu ainda não publiquei.
Fora esse projeto, tenho dois livros concluídos. Um de terror, onde um dos personagens é um vampiro, mas não é um tipicamente “livro de vampiro”. O enfoque apresentado é um pouco diferente e eu gostei muito do resultado. O outro é uma nova história, totalmente independente, com os personagens centrais de Os Guardiões do Tempo. Assim como este, é uma ficção voltada para todas as idades.
Além desses dois, tenho um pela metade, que traz uma ficção de terror, bem ao estilo de Relâmpagos de Sangue, meu segundo livro publicado. Possivelmente, darei continuidade a ele depois que concluir o livro solo de Isabella.
E é claro que as idéias não param, então, tenho muitas rabiscadas, algumas com prólogos prontos e por aí vai. É uma questão de tempo para que esse material todo chegue às livrarias e aos leitores.

7- Como você vê atualmente o mercado literário brasileiro? Acha que as pessoas estão lendo mais?

Vejo-o de maneira bastante positiva e a tendência, sim, é um crescimento de leitores. A Literatura Fantástica tem contribuído muito para o retorno dos jovens aos livros, inclusive, fazendo-os apreciar os autores nacionais, o que é uma vitória e tanto. Esta é a resposta mais clara para mostrar que há autores brasileiros que nada ficam a dever aos estrangeiros, seja em termos de imaginação, trama ou personagens.

8- Quais as dicas que você daria para um escritor que ainda está começando a escrever seu primeiro trabalho?

A melhor dica é não esmorecer nunca, além de encarar seu trabalho de maneira séria, o mais profissional possível. Conta muito, em uma conversa com alguma editora, ter a visão de quem é o público alvo do seu trabalho, além, é claro, de procurar apresentar um bom nível na Língua Portuguesa. Costumo dizer que a escrita não necessita ser erudita, mas deve ser elegante. Nesse sentido, vale a pena ler e reler a obra muitas vezes, sempre procurando melhorá-la. Para aqueles que tiverem dificuldades nesse quesito, o melhor é passar por um serviço de revisão ou leitura crítica. Eu mesmo, já há algum tempo, passei a oferecer estes e outros serviços, de tanto receber textos e trechos de livros para analisar e perceber que, apesar de ótimas idéias, o Português era precário. Certamente isso irá influencia na apreciação de qualquer trabalho.

9- Mais alguma coisa a acrescentar?

Bom, é isso. Agradeço a você, Bianca, por esta oportunidade de estar aqui, obrigado. E para quem quiser conhecer um pouco de minha obra, no Fontes da Ficção, http://fontesdaficcao.wordpress.com/category/nelson-magrini/ , há um trecho do capítulo 1, de Os Guardiões do Tempo, para leitura, além de minha minissérie de suspense e mistério, O Portador da Luz. E em NELSON MAGRINI – OFICIAL®, http://nmagrini.blogspot.com/ , uma divertida entrevista com seu personagens centrais.

No mais, para quem quiser fazer um contato, basta escrever para nelson_magrini@yahoo.com.br .

Abraço a todos!

E um abraço meu também a todos!!!! =)

8 comentários:

£ädÿ testemunhou...

Adoreei a entrevista. O Nelson me pareceu super simpático, e eu já gosto do trabalho dele mesmo sem ter lido nada além da sinopse :D Acho super importante impulsionarmos o trabalho de escritores nacionais. Só assim eles terão chance de crescer!

La Sorcière testemunhou...

Oi Bia!! Parabéns pela entrevista que ficou ótima e por promover o autor brasileiro :)
Bj
Alê

Erica Ferro testemunhou...

Bom, eu gostei da entrevista, mas não sou muito fã desse tipo de literatura. É que eu sou frouxa. Coisas de 'terror' são demais pra mim, rs...
Mas admiro a capacidade de bolar personagens tão terríveis, cruéis e tramas tão envolventes e, ao mesmo, tão aterrorizantes desses escritores.
Beijo.

..::*::.. Palavra de Guria ..::*::.. testemunhou...

Gostei muito da entrevista, adoro esse gênero.
Queria saber da pomoção do seu blog... como faço para participar ?
Beijoos

Bill Falcão testemunhou...

Como se vê, todo escritor é um devorador de livros! O que é uma grande dica pra quem quer começar!
Parabéns pela entrevista, ficou ótima!
Bjoo!!

Átila Siqueira. testemunhou...

É sempre bom ver o amigo Nelson Magrini brilhar.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

DÊ SEU TESTEMUNHO...