Tudo o que ela sempre quis - Barbara Freethy

Postado por Bia Carvalho

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

"- Estou possessa.
- Verdade. Temos que aproveitar esse estado de espírito.
Antes que ela pudesse perguntar o que ele queria dizer exatamente, a boca dele colara na dela, com ardor, insistente, querendo uma resposta, e o corpo dela respondeu desejosamente."
Pág. 150

Editora: Novo Conceito
Páginas: 318
Série: -
Faixa etária: 16+
Onde comprar: Saraiva

A História: Elas eram as melhores amigas no tempo da faculdade. Inseparáveis, eram chamadas de Quarteto Fantástico. Até que uma delas morre, e as outras seguem seus caminhos opostos.
Natalie, Madison e Laura são as que restaram. Natalie é uma médica realizando seu sonho, Madison é uma sexy e poderosa relações públicas e Laura é uma dona de casa com um marido bonito e rico, mas que não lhe dá a atenção que ela gostaria. Elas nunca pensaram que estariam juntas novamente até que um autor completamente desconhecido, usando um pseudônimo, resolve escrever um livro contando a história delas, porém, com uma alteração na história que elas conhecem. No final de seu livro, Emily é assassinada, e a culpada é Natalie.
As três, portanto, com a ajuda de outros amigos da época, decidem investigar quem é esse autor e quem o ajudou a contar uma história tão fiel com tantos detalhes. E quem será que quer destruir a vida de Natalie?

Minha Opinião: Suspense, romance, um pouco de drama e uma história que poderia ser real. Meus temperos favoritos para um livro.
Estava com saudade de ler um bom suspense romântico, e a Novo Conceito acertou em cheio ao publicar Tudo que ela sempre quis, de uma autora até então desconhecida para nós. Aliás, a Novo Conceito é craque nisso.
A obra em questão é simples, sem rodeios, sem floreios, bem direta. A autora acertou nas dosagens do mistério e do romance, nos fazendo querer descobrir quem estava por trás do catastrófico livro. A história de amor, por sua vez, não é daquelas que nos faz suspirar ou ter uma paixonite pelo protagonista; na verdade, é apenas um tempero a mais. Entretanto, senti um potencial enorme em um personagem que não foi muito bem explorado: Dylan, o ilusionista misterioso e um pouco ranzinza, um dos melhores amigos de Cole. Acho que a autora poderia ter trocado o final que ele teve e aproveitá-lo em um outro romance. 
O desfecho foi extremamente interessante, porque em nenhum momento aquela teoria apresentada pela autora passou pela minha cabeça. A explicação foi coerente e durante toda a trama, ela foi tecendo essa possibilidade, então nada pareceu fora de lugar.
As histórias paralelas - o drama de Laura com seu marido e o "romance" entre tapas e beijos de Madison - dão um cenário ainda mais consistente à obra, mudando nosso foco nos momentos certos e apresentando vários suspeitos para confundir nossa cabeça. Além disso, temos a oportunidade de conhecer a doce Emily, que já aparece morta logo no início do livro, pelas lembranças dos personagens e pelo tal livro que cria todo o suspense. Ponto para Barbara Freethy que conseguiu amarrar vários personagens tão diferentes e sem se perder.
Resumindo: Tudo que ela sempre quis é uma trama simples, sem passagens mirabolantes ou de fazer roer as unhas, mas cumpre seu papel de entreter e proporcionar momentos de uma leitura muito agradável.

Quantas estrelas: 

Vídeo: Não sei por que, mas lembrei da música Feeling way too damn good do Nickelback para o romance de Cole e Natalie.

12 comentários:

Biazinha testemunhou...

A Novo Conceito acertou mesmo nesse lançamento,eu adorei ler este livro!!!

Leve,gostoso,com suspense e romance que me prenderam até a última página.

Resenha perfeitinha!!!

bjss

Bianca

http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

Renata testemunhou...

Oi Bia!!!
Eu adorei esse livro. Meu estilo preferido: romance com um toque de suspense.
Eu recomendo.
bjs

camila testemunhou...

Oi Bia, hummm fiquei com vontade de ler ^^
ótima resenha, fiquei muito curiosa e curiosa tb com o final do dylan, não parece ser boa coisa, coitado..

beijos
http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

Verônica Sobreira testemunhou...

eu amei esse livro Bia, achei a história bem parecida com teu estilo de escrita. Legal mesmo.

Elimar Machado testemunhou...

Fiquei com medo de ler a sua resenha... kkkkkkkk
Isso porque eu tinha gostado muito da resenha, e achei que o livro seria maravilhoso. Como vc gostou, já posso me arriscar sem susto. BJS!

Elis Culceag testemunhou...

Oi Bia!
Adoro Nickelback e agora fiquei super empolgada, porque acabei de ganhar esse livro num sorteio, não sabia que era tão bom e já tenho até uma trilha sonora para acompanhar a leitura!!!
Beijos... Elis Culceag.
www.arquivopassional.com

Camila Márcia testemunhou...

Olá Bia,
tenho esse livro, mas ainda não tive oportunidade de ler. Adorei sua resenha e é sempre bom saber que temos um livro que várias pessoas leram e gostaram, dá menos medo de ler. Isso! Tenho medo de começar os livros pode eu me decepcionar....

Bjs,
Camila Márcia
@camila_marcia
http://delivroemlivro.blogspot.com/
http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

Cida testemunhou...

Oi Bia!
Já queria ler o livro, e com esta trilha sonora ficou melhor ainda.
Fiquei super animada depois da sua resenha.


Bjos!!
Cida
Moonlight Books

Liachristo testemunhou...

O livro já está na lista de espera, e por isso não li sua resenha toda. mas, só pelas primeiras linhas já deu para perceber que você gostou e que o livro é bom. Bjus
Lia Christo
www.docesletras.com.

Luiza Helena Vieira testemunhou...

Tinha uma ideia totalmente diferente desse livro!
Pelo o que você contou, é o livro perfeito pra mim.
Resenha perfeita.

Luiza Helena Vieira
Obsession Valley
http://obsessionvalley.blogspot.com

thayla testemunhou...

Os livro que são mais realistas são sempre bons!! Eu adorei :D

DÊ SEU TESTEMUNHO...