Métrica - Colleen Hoover

Postado por Bia Carvalho

segunda-feira, 23 de setembro de 2013


Editora: Record
Páginas: 304
Série: Slammed #1
Faixa etária: 14+
Título Original: Slammed

A História: O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor. 

Minha Opinião: Poesia... Eu sempre amei poesia. Sempre amei interpretá-las, fazendo com que coubessem exatamente no momento da minha vida. Sempre as escrevi também, derramando minha alma em folhas de papel, metaforizando tristezas, alegrias e histórias. Meu tema preferido sempre foi coração partido. Talvez a tristeza seja bela, em sua própria maneira.
Bem... a tristeza é bela sim. Pelo menos em Métrica eu li um lindo livro. E triste... triste que chega a doer.
E os personagens de Métrica transformavam dor em poesia. Principalmente a dor da perda. Na verdade, nossos protagonistas sofreram perdas traumáticas, cada um de uma forma. Perda de entes queridos, perda da liberdade, perda do direito de ser feliz. Cada um deles lida com essa perda de uma forma diferente. E é por isso que eu afirmo que Colleen Hoover criou uma trama que poderia ser simples, para quem lesse sua sinopse, mas ela soube tecer uma teia de belos relatos de vida, construir personagens que poderiam simplesmente morar na casa ao lado, de tão reais e interessantes.
A linguagem é simples, e creio que essa foi mais uma estratégia da autora para nos aproximar da leitura. Não há como se entediar com Métrica, não há chance de colocar o livro de lado. A carga emocional é constante, e identificação é imediata.
Esse é, sem dúvida, um dos melhores livros que já li, e um dos melhores deste ano. Espero ansiosa pela continuação.

Quantas estrelas:


3 comentários:

camila testemunhou...

Oi Bia, haaa eu também adoro livros com essa carga emocional, corações partidos, o sentimento e a maneira de como alguns autores nos contam a história, é uma poesia que te inspira, te faz refletir..
Amei sua resenha e a maneira de como senti o sentimento em suas palavras...
beijos Mila
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Laura Regina testemunhou...

O livro é maravilhoso mesmo, muito, muito emocional!
A continuação é um pouco mais leve nesse aspecto, mas delicioso de ler tbém! No segundo, Layke e Will estão mais juntos e o livro é muito cheio de humor. Tem uma personagem que aparece no segundo livro, uma garota que é vizinha deles e amiga de Caulder e kel que é impagável, a garota tem um senso de humor peculiar! Os dois outros são narrados por Will. Foram, sem dúvida, um dos melhores livros que li esse ano!

Paty Nayara testemunhou...

Minha ansiedade em ler este livro aumentou com sua resenha.
E concordo com você a tristeza em sua maneira pode ser Bela.

bjs e parabéns pela resenha!

DÊ SEU TESTEMUNHO...