Príncipe Mecânico - Cassandra Clare

Postado por Bia Carvalho

segunda-feira, 13 de maio de 2013


"Dizem que o tempo cura todas as feridas, mas isso presume que a fonte da dor é finita. Que está superada. Isto é uma ferida aberta todos os dias."


Editora: Galera Record
Páginas: 406
Série: The infernal devices
Faixa etária: 14+
Título Original: Clockwork Prince

ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DO PRIMEIRO VOLUME!
PARA LER A RESENHA DE ANJO MECÂNICO, CLIQUE AQUI

A História: Depois de descobrir que seu irmão estava mancomunado com seu maior inimigo, Tessa está vivendo no Instituto, com os caçadores de sombras. O clima lá não é dos melhores; eles sabem que Mortmain ainda está a espreita, pronto para levar Tessa consigo. Além disso, querem tirar Charlotte do comando... Mas, ainda assim, a maior agonia do coração da jovem é o desprezo de Will.
Enquanto Will se mostra frio, Jem se aproxima, com promessas que Tessa talvez não esteja pronta para recusar.
E enquanto Tessa luta contra suas indagações, uma delas, maior que todas as outras, toma conta de sua mente: quem - ou o quê - é ela?

Minha Opinião: O ministério da literatura adverte: Esse livro pode causar falta de ar, olhos arregalados, palpitações, calor e muito, mas muito desespero.
Já começo a resenha dizendo que vai ser muito difícil um livro barrar esse este ano. Cassandra Clare depositou o seu melhor aqui, ela não teve a menor piedade de seus leitores, simplesmente nos torturando aos poucos, a cada cena, a cada reviravolta, a cada diálogo...
E que diálogos... posso adiantar aqui, sem spoilers, que tive o prazer de ler o melhor diálogo que já encontrei em livros. E olha que eu já li uns 600. Para vocês terem noção, a citação que eu coloquei logo abaixo da capa do livro é parte deste diálogo, entre Will e Magnus, mas ele é tão incrível que só lendo na íntegra para entender o que estou falando. Will desabafa seus sentimentos dilacerados e consegue nos deixar sofrendo com ele... só uma autora desta competência é capaz de fazer isso com um leitor, construindo um personagem tão complexo, tão cheio de camadas e profundidade.
Posso afirmar que não apenas li Príncipe Mecânico, eu o absorvi completamente... tanto que ao final da leitura, eu estava exausta, consumida por todos os tipos de emoções. Raiva, dor, angústia, ansiedade...
É isso que me fascina no mundo dos livros... quando eu acho que uma leitura superou tudo que poderia ser superado, eu ainda consigo me surpreender. Não há nenhum prazer emocional que se compare com esse.
Agora eu sou um poço de curiosidade para o desfecho desta série. Estou mais ansiosa por Princesa Mecânica do que por City of lost souls. O final que Cassandra nos impôs (porque foi isso que ela fez), me deixou pronta para qualquer coisa. Sei que ela irá me fazer sofrer muito antes do tal "final feliz". Se é que haverá um. Espero qualquer coisa dela.
Favorito dos favoritos... sem sombra de dúvidas.

Quantas estrelas:





9 comentários:

Biazinha testemunhou...

Ahhh Bia que maldade,eu aqui louca por esse livro,e você me faz uma resenha dessa???

Maldade pura com as leitoras ansiosas...

Quando o primeiro saiu eu não me interessei muito,depois de ler umas resenhas acabei comprando,mas não li,mas depois que o segundo saiu eu comecei a perceber que precisava desesperadamente dessa série...

Adorei a resenha!!

bjsss

Bianca

http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

camila testemunhou...

Nossa flor, que desespero hehehe
Como você amou este livro heimm, só tenho que ficar babando com sua resenha e comprar essa série, porque ainda não li nada da autora, mais sinto que será favorita!!
Beijos Mila

Eykler Simone da Mota Daniel testemunhou...

Nossa Bia, que resenha é essa flor? Eu ainda não li nada de Cassandra Clare. Mas sua resenha instigou a curiosidade... sinto que em surgindo uma nova autora indispensável na minha lista. bjus
Eykler

www.aghridoce.blogspot.com.br

Elimar Machado testemunhou...

Preciso ler Cassandra Clare com urgência, porque tenho quase todos os livros e ainda não consegui ler nenhum. Acho que essa é uma das séries que te fisgou heim? Tem sempre aquela que a gente considera como sendo a nossa cara.

Verônica Sobreira testemunhou...

eu ainda não ocnseguir me conectar com esta primeira parte de Os instrumentos mortais. Há anos li Os instrumentos mortais, e estou me preparando para reler e resenhar, porém larguei pela metade Anjo Mecânica. Sei que vou retomar, mas não sei quando. Gostei de sua resenha então talvez reveja logo.

Lia Christo testemunhou...

Que resenha angustiante!!! kkkkkkkk
Angustiante para quem a lê é claro! Estou aqui tentando achar um jeito de colocar mais estes dois livros na minha lista de futuras aquisições... kkk
Lia Christo
www.docesletras.com.br

António Jesus Batalha testemunhou...

Seu blog é óptimo,gostei dou-lhe meus parabéns.
E feito com arte, admiro a vossa habilidade,é na verdade uma artista.
Com votos de grandes vitórias.
PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais,
esteja à vontade, saiba porém que irei seguir também seu blog.
Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.

Solange Ralo testemunhou...

Quero muitooo ler este livro. Sua resenha me deixou numa aflição para saber mais kkk
adorei
bjs

http://loveebookss.blogspot.com.br/

Paty Nayara testemunhou...

Já estava nervosa querendo ler essa Serie...com sua resenha eu enlouqueço!
COMPLETAMENTE LOUCA POR ESSES MECÂNICOS...KKKK

Mais uma EMPOLGANTE, DELICIOSA E SINCERA RESENHA!

Amei!

DÊ SEU TESTEMUNHO...