Garotas de Vidro - Laurie Halse Anderson

Postado por Bia Carvalho

terça-feira, 12 de junho de 2012

"Eu sei que sou eu, mas não sou eu, não de verdade. Não sei como sou. Não consigo lembrar como é que a gente faz para parecer alguma coisa."
Pág. 84

Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
Série: -
Faixa etária: 15+
Onde comprar: Saraiva

A História: Lia é uma garota problemática. Ela está doente, anoréxica, não quer comer e tem a estranha mania de se cortar, cada vez mais fundo. Porém, sua mais recente e profunda ferida é a morte da melhor amiga Cassie, bulímica. Cassie morreu sozinha em um quarto de motel, após tentar telefonar para Lia trinta e três vezes.
Conforme a doença vai tomando conta de Lia de forma quase definitiva, acompanhamos a luta de sua família por sua recuperação e a batalha que ela própria trava contra si mesma. A batalha que talvez Lia não queira mais vencer.


Minha Opinião: Falar sobre anorexia e bulimia sempre foi muito difícil para mim. É difícil porque eu simplesmente não consigo compreender. Compreendo que é uma doença, muitas vezes sem volta, mas sempre me perguntei: por quê? O que leva uma menina saudável, jovem, com a vida inteira pela frente, colocar sua aparência acima de todas as coisas? Acima da saúde, da família, de seu bem estar... é, eu realmente não compreendo.
E por causa dessa minha "ignorância" no assunto, ou da minha falta de compreensão, me vi julgando Lia a cada página. Laurie Halse Anderson conta a história de forma quase dolorida. Com suas metáforas sangrentas, suas frases quase poéticas, que são bofetadas em nossa cara, e eu juro que daria tudo para que as meninas com o mesmo problema da protagonista fossem afetadas por esse livro da mesma forma como ele me afetou.
Nunca fui uma obcecada por dietas, mas tenho minhas psicoses como qualquer mulher, contudo, desde que virei a última página de Garotas de vidro, minha percepção sobre mim mesma mudou e muito. Sei que não sou perfeita, mas agradeço a Deus por me dar serenidade para saber que há muito mais coisas em mim do que apenas um corpo. E era isso que a Lia do livro não conseguia enxergar. Lia já não era mais linda nem por fora nem por dentro. Ela estava deprimida, não se divertia mais, sua vida resumia-se a contar calorias e ferir a si mesma. Lia não tinha mais controle. Ela não tinha uma meta de "peso ideal", ela queria chegar ao ZERO! Se pesasse 5kg., iria desejar pesar 2.5kg.  A doença já havia entranhado por suas veias e consumido tudo de bom que podia restar.
E quantas Lias não existem nesse mundo? Quantos blogs de "incentivo", quantas Mias e Anas estão espalhadas, tão perto de nós e sequer sabemos? Muitas vezes os pais não abrem os olhos, ou quando abrem, já é tarde demais. Espero que este livro, brilhantemente escolhido pela Novo Conceito para figurar nas nossas prateleiras, sirva como o início de uma guerra contra esses demônios que assolam essas meninas. Que ele sirva para fazê-las acreditar que toda beleza tem um fim, mas a inteligência, o charme, uma personalidade forte e decidida duram para sempre. Assim como esse livro irá perdurar em minha mente.
Extremamente recomendado. Aliás, obrigatório! Escolas, adotem Garotas de Vidro já!


Quantas estrelas:




Vídeo: Nada de música hoje. O vídeo é uma campanha especial feita contra a anorexia. Super válido e tenho o prazer de postá-lo aqui hoje!


8 comentários:

Camila Márcia testemunhou...

Definitivamente todo mundo resenhando e dizendo ue tá gostando do livro, eu não vejo a hora de ler... É um tema 'bomba', um assunto que tem ganhado status na nossa sociedade devido aos muitos casos presentes. Eu realmente não consigo entender como essas pessoas, em nome da estética, colocam suas vidas em perigo, mas é uma realidade, um problema e todo problema e realidade precisam de uma solução. Para se encontrar uma solução o problema tem que ser confrontado e este livro parece ser uma das multiplas formas de 'confronto', abrir a mente das pessoas é meio caminho andado.

bjs,
Camila Márcia
@camila_marcia
http://delivroemlivro.blogspot.com/
http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

Carla testemunhou...

Oi Bia!

Estou me preparando psicologicamente para ler esse livro, pois tenho certeza que vou chorar durante a leitura...

Bjs!

Virginia Bizerra testemunhou...

Eu também tenho o mesmo sentimento que voce, não consigo entender este tipo de doença...

Eu já li este livro e no começo me irritei muito pois eu odeio pessoas que não gostam de comer, porém ao avançar a leitura fui gostando mais e mais...

Esse livro é muito bom... 3


Beijos

Virginia

Renata testemunhou...

Oi Bia!!! Não li a resenha pq comecei a ler esse livro hoje.
só corri para ver qts estrelas vc tinha dado e fiquei feliz em ver que foram 5.
Espero gostar tanto assim.
bjs

Raquel Machado testemunhou...

Oi flor,
Nossa não tinha me ligado que esse livro falava sobre isso...putzzz acho que vou me chocar bastante porque conheço pessoas que sofrem deste problema e consigo entende-las ate certo ponto e compreender o quanto e dificil vc se livrar dele depois que entrou...Tambem tenho minhas neuroses mas não acho que chegaria a tal ponto afinal comer e uma das delicias da vida ne...rsrs
bjkss
Raquel Machado
Leitura Kriativa

Malu4u testemunhou...

Tem certos livros que realmente deveriam ser adotados e virar leitura obrigatoria em escolas. Tbm acho que esse assim como muitos outros é um tema dificil de ser abordado, mas infelizmente bastante presente no mundo atual. Pode ser dificil de se entender e ter controle; mas é uma doença que precisa de tratamento e principalmente de muita ajuda psicologica tbm. Não fazia ideia sobre o tema desse livro, mas achei uma boa ideia para quem precisa ter um caminho para seguir.

DÊ SEU TESTEMUNHO...