Nascida à meia-noite - C.C. Hunter

Postado por Bia Carvalho

terça-feira, 15 de novembro de 2011



Título Original: Born at midnight
Editora: Jangada
Páginas: 315
Onde Comprar: Saraiva

A História: Kylie não anda tendo seus melhores dias. Perdeu a avó, foi abandonada pelo namorado e seus pais estão se divorciando. Porém, as coisas ainda pioram quando ela é presa depois de uma festa barra pesada, e a mãe a envia para um acampamento para adolescentes problemáticos.
Mas o acampamento não é exatamente o que ela imaginava, uma vez que ao invés de ladrões, drogados e problemáticos ela conhece vampiros, bruxas, lobisomens, metamorfos e fadas.
Tudo que Kylie quer, em um primeiro momento, é desaparecer, entretanto, ao conhecer dois rapazes, Derek e Lucas, que parecem muito interessados nela, e ao fazer novas e fortes amizades, ela começa a gostar de sua nova vida.
O problema é que Kylie é a única que não conhece seus poderes. Tudo que ela sabe é que há um fantasma em seu encalço e que somente ela pode vê-lo. E para descobrir o que há de errado com ela, Kylie precisará vencer seus próprios preconceitos e começar a acreditar no sobrenatural...

Minha Opinião: Nascida à meia-noite foi uma grata surpresa. Não é daqueles livros onde você pode esperar uma história profunda ou grandes reviravoltas, mas é uma leitura agradável, despretenciosa e divertida.
Esse é o primeiro livro lançado pelo Selo Jangada da Ed. Pensamento Cultrix, e posso afirmar com veemência que eles acertaram no tom. O gênero YA realmente veio para ficar e o único medo que tenho é que os livros se tornem muito repetitivos. A esperança é que o "sobrenatural" é um tema onde se pode viajar e criar mundos completamente inimagináveis.
Neste caso, C.C. Hunter optou por fazer uma mistureba de criaturas e colocá-las todas juntas em um acampamento para sobrenaturais. Vampiros, lobisomens, fadas, bruxas, metamorfos... todos precisam aprender a conviver juntos e desenvolver seus poderes. E dessa receita de bolo com tudo dentro poderia ter surgido uma história confusa, mas não foi o caso desse livro, a massa não desandou. Talvez o final tenha sido um pouco corrido ou com menos ação do que eu esperava, mas confesso que me emocionou com a identidade do tal fantasma insistente que tanto atormentava Kylie.
Há humor e romance também, como não poderia faltar. Desde uma bruxa disléxica a um metamorfo que se transforma nos mais diversos tipos de animais para espiar as meninas em horas imprórias, dei umas boas risadas com certas cenas. Já o romance, é protagonizado por um triângulo amoroso bem gostoso, mas já escolhi meu preferido. Lucas. Porém, apesar de no final de Nascida à meia-noite, Kylie ter "escolhido" um dos pretendentes, acredito que o outro personagem masculino ainda dê suas caras na continuação e crie uma reviravolta na história. Assim espero!
Bem, resumindo: um livro gracinha, uma história BEM adolescente, mas que agrada por sua leveza e ritmo divertido.

Sobre a autora: C.C. Hunter, pseudônimo de Christie Craig, mora em Spring, no Texas, e é autora de livros do gênero sobrenatural da série Shadow Falls para jovens adultos. Ela também escreve romances de amor e comédias.

Quantas estrelas:

Vídeo: Achei a letra de Happy Now do Bon Jovi parecida com o amadurecimento de Kylie. Divirtam-se:

7 comentários:

Matheus Gaudard testemunhou...

O livro pela sua opinião me parece ser bem calmo. O que gosto muito às vezes.

Parabéns pela resenha!

Matheus Gaudard, Autor da Antologia Matriz - Contos, Poesias e Cia
http://www.matheusgaudard.com.br/

Caah Oliveira testemunhou...

Oi, tudo bem?

Nossa, me surpreendi quando você disse que ele não é uma leitura profunda, imaginei que fosse, mas, mesmo assim, tenho vontade de ler, eu também gosto de leituras descontraídas e sua resenha me faz ficar ainda mais com vontade. Espero que dessa vez eu ganhe o livro da editora.

Beijos, Caah.

Marcos testemunhou...

Quero muito ler esse livro, mais não sabia que não era uma leitura profunda, mas su resenha me convenceu obrigado.

Marcos
http://mundodosmngas.blogspot.com/

Bárbara Emerich Mórtimer testemunhou...

Não esperava um livro profundo e tals, imaginei que fosse uma leitura leve e divertida, quero muito ler *-* Parece ser gostosa a história :D

beijos Beijos

Sofia Wernner testemunhou...

Tô msm precisando de dicas de leitura. Tô desatualizada.
Esse parece bem legal.

To seguidno!

Laisinha Mitsuki testemunhou...

Eita, faz tempo que não passo aqui, mas a qualidade das resenhas não mudou.
Adoro seu blog, Bia!
Esse livro parece mt bom!

Bjs

Luana Farias testemunhou...

Ai achei a história parecida com um livro que tinha lido em inglês e achei que tinham traduzido mas com o tempo vendo resenhas vi que não tinha a ver. Estou louca pra ler esse livro!

Bjs

DÊ SEU TESTEMUNHO...