Piedade - Jodi Picoult

Postado por Bia Carvalho

sexta-feira, 15 de abril de 2011


"- Mas você a matou - ela retrucou.
Jamie balançou a cabeça: - Eu a amava - disse baixinho. -Eu a amava tanto que permiti que fosse embora.

A História: Maggie MacDonald foi assassinada pelo próprio marido, o apaixonado e devotado Jamie. Na verdade, ela foi condenada a pouco tempo de vida, uma vez que possuía um câncer que estava evoluíndo depressa. Não conseguindo suportar a idéia de definhar, ela pediu que Jamie a matasse.Cheio de remorso, Jamie vai até uma pequena cidadezinha, cujo delegado é seu primo Cameron, um homem preso às suas próprias raízes, que deseja conhecer o mundo e pelo menos uma vez na vida fazer algo que realmente desejasse. É para ele que Jamie se entregaCameron é casado com a doce Allie, que não sabe o que fazer para agradar o marido, mas ele sempre parece querer mais.É ai que Mia entra na história. Uma mulher misteriosa, que já viajou o mundo inteiro e parece ser exatamente o que Cameron sempre sonhou.E quem está certo e quem está errado nessa história?


Minha Opinião: Fazia tempo que eu não lia um romance, e também foi a primeira vez que li algo de Jodi Picoult, embora suas sinopses sempre tenham me chamado atenção.Acho que escolhi bem para começar, e para retomar minhas leituras de livros mais calmos e belos. Bem, Piedade conta com uma coleção de personagens controversos, a autora nos provoca e nos faz pensar em nossas próprias escolhas e atitudes, enquanto tentamos adivinhar qual será o desfecho de sua história. Eu realmente pensei que seria um, mas foi algo diferente. É daquele tipo de livro que você fecha, depois da última página e ele ainda fica marcado em você, dá vontade de discutir sobre ele, de recontar a história mil vezes na cabeça. Um livro que não passa despercebido. Jodi tem uma escrita encantadora, quase poética. Cada capítulo termina com uma frase de partir o coração. Aliás, o meu ficou despedaçado em várias partes, pois, torci desde o princípio por Jamie, não deixando de ficar encantada com a maneira como ele idolatrava a esposa. Ao mesmo tempo, morri de raiva de Allie pelo mesmo motivo. Quando vocês lerem o livro, entenderão o motivo da minha indignação. Além da história contemporânea de todas essas pessoas, há também uns interlúdios com pedaços épicos, contando a saga da família MacDonald, contando até com a "aparição" de um fantasma, tornando essa obra ainda mais rica. Não posso deixar de comentar que fiquei encantada com a profissão de Allie, que tanto lembrou a minha personagem Faith Connor, com suas flores e seus significados. Um lindo livro, que me deixou encantada e com a certeza de que essa autora terá mais espaço na minha estante.


Quantas estrelas: ****


Tem uma trilha sonora? Achei I will remember you da Sarah McLachlan bem propícia para a história.


8 comentários:

Ká Guimaraes testemunhou...

Parece ser bom hei, lá vai mais um na minha lista rsrss Ta gigante amiga kkkkk
Como vc esta? Saudades de voce sabia.

Bjkssssssssssss

Renata testemunhou...

Oi Bia!!!
É mesmo ua delicia quando um livro nos surpreende.
Adorei a resenha e já anotei a dica.
bjs

M!riam testemunhou...

Oi, Bia,

AMO Jodi Picoult! Quero muito ler esse livro!!

Bia, você tem de ler outro livro dela: 'O Pacto'. É fantástico!!

bjs*

R.A.M.P. testemunhou...

Oi Bia,

Entri em contato no post anterior sobre uma parceria do blog.

O livro se chama INUTAOSHI e só está a venda pelo site http://www.clubedeautores.com.br/book/42848--INUTAOSHI .

O meu email é: rampshow@hotmail.com

Obrigado e aguardo um contato!

Luana Farias testemunhou...

Ninguém merece essas pessoas que só por causa de uma doença se matam me irritam. Coitado do marido deve ter sofrido mesmo.

Bjs

Débora Lauton testemunhou...

Eu sempre tive curiosidade para ler um livro dessa autora, talvez seja a hora... a capa é linda...

beijos,
Dé...

DÊ SEU TESTEMUNHO...